4 de abril de 2009

1 - "Destinos ao Vento"

Hannah Howell






Escócia, 1430

Enquanto Maldie trata os ferimentos do rapaz que encontrou na estrada, ela tenta desesperadamente negar a atração que o irmão dele lhe despertou desde o primeiro instante. Embora Maldie e Balfour Murray logo se descubram partilhando a mesma missão de vingança, ela precisa a todo custo manter sua verdadeira identidade em segredo, pois, do contrário, será apontada como espiã.



Em nome da honra de sua família, Balfour jurou destruir seu maior inimigo, o nefasto Beaton de Dubhlinn. O apoio de Maldie seria um trunfo poderoso, mas Balfour sabe que não pode confiar nela, assim como não pode ignorar o desejo por aquela mulher de rara beleza e sensualidade. Agora Balfour está determinado a desvendar os segredos de Maldie, e também a viver a paixão que o consome, sem permitir que nada se interponha em seu caminho... nem mesmo a ameaça de ver seu clã dividido!






Capítulo I


Escócia, Primavera de 1430.



O jovem Eric se foi. Balfour Murray, lorde de Donncoill, empurrou o prato de ensopado que estivera degustando e fitou o mestre de armas, cujo rosto pálido e cansado revelava enorme preocupação. Poucas coisas costumavam abalar o sempre calmo e controlado James. Antevendo graves problemas, Balfour, já completamente sem apetite, levou o cálice de vinho à boca.
— Como assim, se foi?
— Seqüestraram o rapaz — James esclareceu cada nervo do corpo musculoso retesado. — Estávamos caçando quando doze cavaleiros nos cercaram. Colin e Thomas, apesar de lutarem com bravura, morreram no local. Gritei para Eric fugir, enquanto eu me ocupava dos inimigos restantes. Porém o cavalo do menino refugou. Antes que me fosse possível ajudá-lo, os malditos o capturaram e partiram em disparada.
— Quem o levou? — indagou Balfour, depois de mandar um servo chamar seu irmão, Nigel.
— Homens de Beaton.
O fato de sir William Beaton, lorde de Dubhlinn, causar-lhe transtornos não o surpreendia, considerando o passado de discórdias entre os clãs. Entretanto, o rapto do garoto chocava-o. Eric resultara de um breve caso amoroso entre seu pai e a última esposa de Beaton. O infame, num ato de suprema crueldade, abandonara o recém-nascido num lugar ermo.
O destino fizera com que James, regressando de uma caçada, passasse pelo local e recolhesse o pequenino. Vendo-o embrulhado numa manta com as cores do clã rival, não fora difícil seu pai chegar à conclusão óbvia. Que William Beaton condenasse um bebê indefeso à morte, os estarrecera. E que tentasse assassinar um Murray, os enfurecera. A partir daquele momento, tornaram-se inimigos declarados. Balfour conhecia a extensão do ódio do pai por William, sentimento acentuado com a morte súbita e suspeita da mulher que o líder dos Murray amara. A antiga rixa entre as famílias, transformada num conflito feroz e sangrento, arrastara-se durante anos. Após o falecimento de seu pai, Balfour esperava um pouco de paz. Pois agora ficara dolorosamente claro que o senhor de Dubhlinn não dava a mínima para a paz.
Hannah Howell 2 Destinos ao Vento
— Por que Beaton iria querer Eric? — Tenso, Balfour apertou o cálice de prata com tal força, que os relevos da peça lhe cortaram a palma da mão.
— Você acha que o canalha pretende assassiná-lo? Terminar o que começou anos atrás?
— Não — James retrucou firme. — Se Beaton quisesse o garoto morto, seus capangas o teriam trucidado. O que houve na floresta foi uma emboscada planejada, não um encontro ao acaso. Aquele bando estava nos esperando, esperando por Eric.
— O que mostra o quanto nos descuidamos de nossa defesa. Ah, Nigel — Balfour murmurou, notando o irmão mais novo entrar no salão —, ainda bem que não demoraram a localizá-lo.
— O servo que você enviou à minha procura mencionou Eric. Algo sobre um seqüestro? — Nigel sentou-se à mesa e serviu-se de vinho.
A princípio, Balfour perguntou-se como o outro podia parecer tão tranqüilo. Então, percebeu que os dedos ao redor do cálice haviam perdido toda a cor e os olhos cor de âmbar estavam quase negros por causa da fúria crescente. Em poucas palavras, relatou o que sabia e aguardou impaciente, a opinião do irmão.
— Beaton precisa de um filho — disse Nigel, a voz fria como aço.
— O maldito abandonou Eric anos atrás — Balfour argumentou, fazendo sinal para que James se sentasse à mesa também. — Sim, porque ainda tinha muito tempo pela frente para gerar um varão. E falhou. A Escócia está inundada de filhas legítimas e bastardas de Beaton. Filhas nascidas de esposas, amantes, prostitutas.



Série Família Murray
1- Destinos ao Vento
2- Em Defesa da Honra
3- Laços de Amor
4- Juramento de Amor
5- Vingança de Amor
6- Noiva das Terras Altas
7- Anjo das Terrs Altas
8- Um Toque Mágico
9- Senhor das terras Altas
10. Guerreiro das terras altas
11. Campeão das terras altas
12. O Amante das terras altas
13. O Bárbaro das terras altas
14. No Auge da Paixão
15. O Lobo das terras altas
16. O Pecador das Terras Altas
17. Highland Protecter
18. Highland Avenger Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

  1. oi jenna td bem , vc poderia verificar esse livro e o guerreiro das terras altas porque eles estão iguais
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Greice, eu testei os links eles estão funcionando bem, e cada um refere-se ao seu próprio livro. Por favor verifique e tente novamente. Se tiver alguma dificuldade nos informe novamente. Beijo. Seriam

    ResponderExcluir
  3. oi Seriam boa noite,o que eu quis dizer é sobre a resenha dos livros os dois são iguais
    bjs

    ResponderExcluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?

Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...