12 de janeiro de 2010

Saga Familia Cynster

1-  DIABO
Para ter ...
Quando o Diabo, o membro mais famoso da família Cynster, é pego em uma posição comprometedora com corajosa governanta Honória Wetherby, ele surpreende a todos, pedindo a sua mão em casamento.
Ninguém sonhava que este libertino escandaloso tomaria jamais uma noiva.
As mamães da sociedade desmaiaram com a perda de solteiro mais cobiçado da Inglaterra, e os primos do infame Diabo Cynster começaram a fazer apostas sobre a data do casamento... E manter
Mas Honoria não estava disposta a se dobrar as demandas da sociedade e se casar com um homem "justo" porque eles tinham sido encontrados juntos.
Não, ela ansiava por aventura, e ao mesmo tempo resolver o assassinato de um jovem primo Cynster, ela decidiu que, uma vez que o crime fosse resolvido ela sairia para ver o mundo.
Mas o calor escaldante do seu desejo insatisfeito por Diabo Cynster logo fez Honoria ter um desejo de um tipo muito diferente de excitação.
Poderia sua paixão por Diabo fazer abraçar o perigo de uma encantadora aventura para toda a vida?

Capítulo Um

Somersham, Cambridgeshire, agosto de 1818.
—A duquesa é tão... tão... boa, na realidade é a mais encantadora, tão...
—Com um sorriso angelical, o senhor Postiethwaite, vigário de Somersham, gesticulou vivamente.
— Do Continente... Já sabe a que me refiro.
Honoria Wetherby gostaria de saber, mas não sabia nada.
Encontrava-se à porta da paróquia.
Depois de ocupar um cargo novo, uma das primeiras coisas que sempre fazia era surrupiar informação ao vigário.
Por desgraça, naquela ocasião em que sua necessidade de informação era mais urgente que nunca, os comentários do senhor Postiethwaite eram vagos e não lhe serviriam de muita ajuda.
Assentiu para animá-lo a falar e se agarrou a única coisa que podia significar algo.
—A duquesa nasceu no estrangeiro? —perguntou.
—A duquesa-mãe — disse o senhor Postiethwaite.
— Agora gosta que a chamem assim, mas estrangeira? —com a cabeça inclinada, considerou a questão —. É possível que alguns a chamem assim porque nasceu e se criou na França, mas está tanto tempo entre nós que já faz parte desta paisagem. Na realidade.
—seus olhos se iluminaram—, é uma espécie de traço peculiar em nosso limitado e monótono horizonte.
Isso Honoria já tinha averiguado e por essa razão queria saber mais.
—A duquesa-mãe se reúne com a congregação? Não vejo armas ducais.
Com o olhar posto na igreja de pedra polida que se elevava atrás da paróquia, recordou as numerosas inscrições comemorativas que honravam aos defuntos de várias casas majestosas, entre elas alguns ramos dos Claypole, a família cuja casa ela tinha chegado no sábado, mas em nenhum lugar viu placas ducais com o nome e os títulos inscritos.
—Às vezes — respondeu o senhor Postiethwaite. — Na Mansão há uma igreja particular, estupendamente dirigida. O capelão é Merryweather. A devoção da duquesa é perfeita.
—sacudiu a cabeça com tristeza — O que não é um traço habitual nessa família.
Honoria conteve o impulso de apertar os dentes.
Que família? Levou três dias atrás dessa informação.





7.5 - A PROMESSA EM UM BEIJO


















19 de dezembro de 1776,
Convento das Jardineiras das Marías, Paris

A meia-noite tinha chegado e tinha passado.
Helena ouviu o sino pequeno do carrilhão da igreja quando se deteve na soleira da enfermaria. As três.
Ariele, sua irmã mais nova, por fim tinha cansado em um sono profundo; remetida pela febre, estaria segura aos cuidados da irmã Artemis.
Tranqüila a respeito, Helena podia voltar para sua cama, no quarto além dos pátios.
Cobriu-se os ombros com um chale de lã e saiu das sombras da enfermaria.
Os tamancos de madeira repicavam brandamente contra os caminhos de pedra enquanto atravessava os jardins do convento.
A noite era gelada e clara. Só ia vestida com a camisola e o roupão; já estava dormindo quando a irmã a tinha chamado para que ajudasse a cuidar de Ariele.
O sentido comum a impulsionava a se apressar.-embora caminhasse devagar, sentindo-se cômoda naqueles jardins encharcados pela lua, naquele lugar onde tinha passado a maior parte dos nove últimos anos.
Logo, apenas Ariele estaria bem para viajar, iria para sempre.
Tinha completado dezesseis anos fazia três meses e o futuro se abria diante dela: a apresentação na sociedade e logo o matrimônio, um enlace de conveniência com algum rico aristocrata.
Era o costume entre os de sua classe.
Como condessa D'Lisle, possuidora de vastas propriedades em La Camargue e, entre outros capitalistas De Mordaunt, sua mão seria uma presa cobiçada.
Os ramos de uma enorme tília arrojavam densas sombras sobre o caminho.
Ao cruzar, de novo sob a luz brilhante, deteve-se; levantou o rosto para o céu infinito.
Embebeu-se de paz.
A proximidade do dia da festa do Senhor tinha esvaziado o convento, pois as filhas dos ricos já estavam em casa para as celebrações desses dias.
Ela e Ariele ainda estavam ali por causa dos problemas respiratórios dela, pois Helena havia se negado a partir enquanto sua irmã não estivesse em condições de viajar com ela. Ariele e a maioria das outras voltariam em fevereiro e recomeçariam seus estudos.
A paz desdobrava em sua melancolia sobre os arbustos de pontas brilhantes sob o intenso clarão da lua que caía do céu espaçoso.
As estrelas titilavam no alto, diamantes esparramados no véu da noite.
Os claustros de pedra se abriam diante dela, uma visão reconfortante e familiar.
Não estava segura do que lhe aguardava além dos muros do convento.
Aspirou profundamente, alheia ao frio, saboreando a doçura dos últimos dias de sua adolescência.
Os últimos dias de liberdade.




Saga Familia Cynster
1- Diabo
3.Seu Nome é Escândalo
3- SEU NOME É ESCÂNDALO - tradução PRT
4.A Proposta de um libertino

5.Um Amor Secreto
6.All About Love
7.All About Passion
7.5.A Promessa em um Beijo
8.On a Wild Night
9.On a Wicked Dawn
10.The Perfect Lover
11.The Ideal Bride
12.The Truth about Love
13.What Price Love?
14.The Taste of Innocence
15.Where the Heart Leads
16.Temptation and Surrender Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Anônimo3:05 PM

    muito bom o livro. Parabéns pelo Blog.

    ResponderExcluir
  2. gostei MUITO de ambos os livros - tanto a estória do diabo e da honória é ótima - qt a estória dos pais do diabo é ótima - em ambos os livros os mocinhos são tudo de bom - em ambos a química do casal é super quente - em ambos as mocinhas não são nada frescas - apenas no livro da helena, ela deveria claro ter confiado nele!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi boa tarde, gostaria de saber se já tem todo o restante da série.

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer, por enquanto até o 9, procure em Séries como Saga ou Família Cynster. bjs

      Excluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?

Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...