14 de março de 2011

O Conquistador

Dinastia Warenne

O conquistador chegou para dominar e possuir...

Como um deus pagão, Rolfe o Implacável cavalgou dentro do castelo Aelfgar para reclamá-lo como seu prêmio e Lady Alice como sua prometida.
Um homem entre a lealdade ao rei e a loucura do amor...
Premiado por sua coragem na França, Rolfe era um odiado inimigo na Inglaterra.
Uma vez estabelecido em seu novo domínio, Rolfe se determinou a domar a beleza saxã Ceidre, a irmã ilegítima de Alice, cujo espírito e sensualidade o fizeram arriscar-se à traição para tê-la – e não Lady Alice — em sua cama... Uma mulher entre a lealdade familiar e a loucura do amor... Misteriosa e sedutora, Ceidre não era uma dama da nobreza a não ser uma espiã que apóia fielmente a rebelião de seus dois meios irmãos.
Recusando—se a dobrar—se ante o novo Conquistador que despertou nela uma paixão proibida, Ceidre se verá envolta em uma relação perigosa atada ao destino da Inglaterra e de seus reis. E ela terá que lutar para não render—se ao Conquistador e para não trair a sua família.


Comentário revisora Sandra Martino: Este livro é simplesmente sensacional, e tive muito prazer em revisá—lo.  A história é empolgante e prende desde o começo. Os personagens são intensos, o enredo é forte.Mas o que mais emociona é o amor do guerreiro pela bela moça, sua luta por não sucumbir. Ela se apaixona pelo inimigo e não pode controlar seus sentimentos. Sinceramente chorei em muitas partes e principalmente no final. As cenas de sedução são empolgantes e assustadoras, mas o amor que há é que faz com que sejam tão intensas. Espero que vocês gostem tanto quanto eu.

Capítulo Um

York, junho de 1069
— Meu lorde?
— Acorda a todos os aldeões.
Rolfe de Warenne observou inexpressivamente como seu vassalo Guy O Chante manobrava girando seu enorme cavalo, chamando os cavaleiros.
Ele ficou sentado imóvel em seu garanhão cinza no meio do caminho. Tirou o elmo; que colocou na curva de seu braço esquerdo.
Seu cabelo, claro e ondulado, estava escuro e úmido pelo suor. Sua cota de malha se pegava à extensa estrutura de seu corpo, e sua mão direita descansava relaxadamente no punho de sua espada.
Ele observou seus homens despertando o restante dos aldeãos.
Só teve que girar sua cabeça ligeiramente à esquerda para ver a dúzia de rebeldes saxões mortos, seus corpos já emanavam esse peculiar fedor de morte com o quente sol de Junho.
Seu sangue ainda corria pela batalha recente, seus músculos ainda estavam quentes pela luta.
Outro ninho de rebeldes saxões, e, entretanto o rei não estaria satisfeito.
Longe disso.
A guerra nestes climas selvagens do norte parecia ser interminável. Tinham passado quinze dias desde que o punho de ferro do William descendeu o suficientemente forte para sacudir a mesa enquanto estava sentado com seus vassalos em York.
Eles acabavam de derrotar aos invasores de dinamarqueses, e tinham retomado York, e tinham feito que os saxões fugissem às terras galesas.
Essa foi a segunda insurreição em muitos anos, e o rei William tinha estado furioso, especialmente porque os lordes saxões Edwin e Morcar tinham escapado. Novamente.
— Nada de clemência, ele rugiu.
— Queimaremos todos os cultivos até que esses bárbaros aprendam quem é o santo rei eleito!

DOWNLOAD










Dinastia Warenne
1- O Conquistador
2- A Promessa da Rosa
3- O Jogo
4- O Prêmio
5– A Farsa
6– A Noiva Roubada
7– A filha do Pirata
8– A Noiva Perfeita
9– Um Amor Perigoso
10– A Promessa
11– Uma Atração Impossível
12– Casa dos Sonhos
Série Concluída
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

37 comentários:

  1. Talita8:10 AM

    Oi, sempre visito aqui, mas nunca comentei. Tenho que dizer que amo seu cantinho, os livros são sensacionais. Continue dando sua opinião sobre os livros gosto muito de ler!

    ResponderExcluir
  2. Oi Jen ... vc pode mandar os emails pro meu novo email ?? Meu antigo foi clonado e não quero ficar por fora de nada !! Bjão !!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo6:16 PM

    Simplesmente maravilhoso, amei o livro como amei os outros dois da autora que foram postados no blog. Quando virão os outrs da mesma se´rie. Estou aguardando avidamente.
    Parabéns pelo blog, oshistóricos são mesu favoritos. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Na verdade eu nunca sei exatamente quando vai ser lançado um ou outro ebook, quando os grupos lançam lá e publico aqui.
    E como o grupo listou que estão revisando o jeitinho é esperar !

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Anônimo7:49 PM

    amo este blog, acompanho diariamente,para mim é meu melhor momento, estou aguardando ansiosa dinastia warenne 'a noiva roubada',obrigada, beijos.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro ... nossa... nem sei o que dizer ... é perturbador, é dolorido .... é lindo ... sei lá ... vc sorri, e chora (e num é pouco). A mocinha é determinada demais ... o mocinho é duro na queda ... mas .. os dois amam ... não conseguia parar de ler, li em um dia e meio. Recomendo !!!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo12:34 PM

    ola jenna amo seu blog li a saga inteira so falta os 3 ultimos estou muito ansiosa para que sai em portugues pois so achei em espanhol bjs te adoro mirian

    ResponderExcluir
  8. Anônimo6:29 AM

    Oi, estou sempre passando pelo seu blog. Gosto muito dos seus ebook e sempre tem novidades. Parabéns pelo site...

    ResponderExcluir
  9. Rolfe é um bruto! Piedade = 0!
    Ainda bem que ele demonstrou humanidade ao longo do livro. E Alice me deixou doente! Não suportava as cenas em q ela aparecia.
    A mocinha sofre como uma condenada! Chorei muito nesse livro. Mas ainda mais no final emocionante. Pelo menos algo de bom tinha q acontecer! xD

    ResponderExcluir
  10. oi Jenna , Seriam boa noite!!adorei esse livro vcs saberiam me indicar outros nessa mesma linha
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Greice qrida, eu recomendo toda a série Walrenne. É simplesmente linda demais. Eu já li todos que estão disponíveis rsss. Amei demais. Espero que vc leia tbm, vai ver o quanto vále à pena!. Beijo. Seriam

    ResponderExcluir
  12. Seriam obrigada a Ana Paula me recomendou o mesmo,ja tenho alguns baixados vou começar agora kkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Anônimo3:52 AM

    Este livro pra mim não é um romance, eu chamo de saga, o mocinho não é um mocinho, pelas suas crueldades e por achar que pode comandar destino de todos.
    Acho este tipo de livro de saga, mas não se enganem, eu adorei, é sensacional, leitura cativante, enredo inteligente, mas não é para aqueles dias que você quer ler uma linda e apaixonante história de amor.

    bjsss,
    Docinha

    ResponderExcluir
  14. Oi, eu não aguentei e tive que parar para comentar!!
    Eu de facto amo este livro!
    Eu chorei, ri, irritei-me,suspirei e pedi por mais!!
    (AMEI) e como é a 2ªvez que o leio decidi que deveria deixar o meu comentário e agradecer-vos por colocarem estes livros maravilhosos a nossa disposição!
    Muito obrigada :D

    Bjs Anna :D

    ResponderExcluir
  15. Camila5:12 PM

    Se você está procurando um livro piegas em que os personagens se olham e logo se apaixonam um pelo o outro, pode deixar de lado esse aqui! Tem muitíssimo sofrimento e luta até que as coisas comecem a dar certo para os dois.

    Rolfe é um homem arrogante e completamente centrado em obedecer todas as ordens de seu rei, enquanto Ceidre é uma mulher valente que diz tudo o que vem em sua cabeça e é completamente fiel a seus irmãos. Rolfe sequestra Ceidre, pensando que ela era sua irmã, a quem estava destinado a se casar. A irmã de Ceidre a odeia e faz com que ela sofra mais que a maioria dos livros que já li. Existem cenas realmente chocantes, senti muita pena de Ceidre e sofri com ela várias vezes. Rolfe também maltrata muito ela, o que fez com que eu odiasse muito ele algumas vezes. Mas depois de algum tempo ele acaba sentindo certo respeito por Ceidre, e logo depois se apaixona por ela e ela se apaixona por ele também.

    É tudo muito complicado, primeiramente porque ele já está casado com a irmã dela e também porque os irmãos de Ceidre estão tentando atacar Rolfe e seu exército.

    Esse livro com certeza vai te fazer ficar presa na história torcendo muito pela felicidade de Ceidre independente de qual for. É LINDO, sofri e fiquei feliz com ela. Muito bom o livro porque os personagens são fiéis ao que são do início ao fim, não mudam por estar apaixonados e nem deixam seus princípios de lado. Chorei, ri, odiei o livro, corri páginas esperando que tudo desse certo, me apeguei MUITO a Ceidre. Livro MUITO bom mesmo, um dos melhores que já li! Super recomendo!

    ResponderExcluir
  16. Anônimo12:57 PM

    Nessa hist horrível,a única de quem senti pena foi da Alice ( preterida pelo pai,envenenada pela mãe,escanteada pelo marido,traída pela irmã) e no fim,ainda teve o desfecho que teve...pela Ceidre e por Rolf,só consegui sentir raiva; dois sacanas que se mereceram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tb tive a mesma opinião sobre o livro ...

      Excluir
  17. Li esse livro sem conhecer a autora me baseando apenas nos comentários aqui do blog e NÃO me arrependi pois o livro é maravilhoso. Amo romances medievais e esse é fantástico, a mocinha sofre bastante mas ao mesmo tempo não é passiva e o mocinho vai revelando ao longo do livro seus sentimentos. AMEI!!

    ResponderExcluir
  18. Esse livro é ótimo!! Um dos melhores que já li. Uma história bem construída e desenvolvida pela autora, com personagens humanos que também cometem erros...quando comecei a ler não parei mais...muito bom!!

    ResponderExcluir
  19. Anônimo2:20 PM

    Nunca li um livro onde o mocinho fosse tão ordinário, bruto e selvagem, o Clayton virou fichinha perto dele, ele humilha, abusa, viola a mocinha e ela ainda se apaixona por ele, dá pra acreditar? A Ceidre é uma sem vergonha e sem amor próprio, eu no lugar dela esperava o Rolfe dormir e castrava ele, vai ser do homem mundano e luxurioso, credo! Na cena em que ele vigia o banho dela eu não sabia se me chocava ou se ria, sim pq foi tão chocante que foi até engraçado. É um livro diferente, não dá para imaginar o final, porém é muito bem escrito, rico em detalhes e apesar de ter achado a história de uma crueldade absurda, recomendo a leitura.

    ResponderExcluir
  20. Quando fui baixar na biblioteca do One Drive, era outro livro com o título "O Conquistador" que estava no lugar... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana ele está em título e tb em Dinastia Warrene em Séries, bjs

      Excluir
    2. Obrigada, Jenna, agora baixei...

      Excluir
  21. Um dos meus romances medievais favoritos, tá lá no topo da minha "listnha". Não canso de reler =)

    ResponderExcluir
  22. Eu discordo de você anominata, a Ceidre não é uma sem vergonha e sem amor próprio, muito menos o Rolfe é tão bruto assim. Se você reparar bem, todas as vezes em que ela esteve em perigo foi justamente ele quem cuidou dela e a tirou do carcereiro. Ainda assim ela traiu ele várias vezes para ajudar seus irmãos, colocando sua própria vida em risco. O modo como ele a cuidou foi incrível! Achei linda a cena em que ele a tira do calabouço com seus próprios braços e a leva para sua cama, sem se importar com os servos e a esposa que o olhava, o modo como a envolveu para afastar seus medos e deu banho nela foi muito comovente. Ela estava absolutamente sozinha e sofria em silêncio por ser considerada uma bruxa, coisa que ele não acreditou e sempre a defendia e por mais que a situação ficasse complicada ele sempre estava ao lado dela...

    ResponderExcluir
  23. Simplesmente maravilhoso adoro livros assim em que VC ama e odeia ao mesmo tempo .Quem souber de outros assim indiquem!!!! bjos

    ResponderExcluir
  24. A autora consegue passar toda a aflição e sofrimento dos personagem ao não poderem consumar o amor por diferentes razões coma lealdade para com sua terra e a ética. Apesar de muito sofrem, gostei do livro ! Li que a autora só fez mais um desta época . Que pena! Há tantos elementos que sugerem mais histórias para ela contar ! Tem algo semelhante entre o Rolfe e o Tyrell ( A farsa) . Creio que seja a intensa atração e a agonia de não poder consumar o forte desejo por suas mulheres. É tão intenso que , como leitora, senti calafrios ante a expectativa . Ai , ai ...

    ResponderExcluir
  25. Janayna11:13 AM

    Eu estou chocada com o fato de muitas de vocês amarem esse "romance' aff Deu as as guardem...

    ResponderExcluir
  26. Simplismente maravilhoso,te prende do comeco ao fim fiquei a madraga inteira lendo pois nao conseguia dormir sem terminar prefeito,ai quando ele diz que nunca deu risada com uma uma mulher antes,nossa vc sente a felicidade deles juntos ai,nossa da para sentir a dor que ele sente quando tem castiga-la nossa chorei.......adoroooooo seu blog meninas bjos

    ResponderExcluir
  27. O que tenho a dizer sobre este livro .Que é um dos meus livros favoritos, adoro livros com histórias fortes, que te emociona, com leitura cativante que prende a a tenção.

    ResponderExcluir
  28. O conquistador- Brenda Joyce.......Minha visão sobre o livro. Para quem não leu perdeu um livro fiel a época e sobretudo um amor bonito. Se tiverem PACIÊNCIA: leiam!

    Depois de muitos momentos de verdadeiro terror em ler este livro – quase 2 meses com ele baixado e sem coragem de o ler – e, logico percorrer todas as LOGIAS e muitas caixas de Rivotril, empenhei-me a finalmente o ler. Como disse: abri o livro e ficou ai..por muitas horas sem o ler. Lavei roupas, cozinhei e limpei, como mera desculpa, para não chegar perto do meu Lumia 535 – celular – e assim decidir começar. Teve jeito não! Pra que mais torturas?... vamos ler e depois tomar chás, calmantes e rezas pra afastar a magoa e a raiva.

    Primeiro vamos falar do PODER DO REI NA EPOCA MEDIEVAL. Este detinha nas mãos o poder total. Era o chefe supremo de um reino e suas decisões politicas, econômicas, jurídicas e sociais estavam centradas em sua figura. Sua palavra era uma ordem... e sendo ordem deveriam ser cumpridas a risca, sob o estigma, de que: aqueles que não obedecesse seriam considerados TRAIDORES tendo suas terras confiscadas, família e traidor presos e mortos. Como o reino era extenso e precisavam dos OLHOS do rei mesmo ele não estando presente, para controlar as razões acima citadas, ele necessitava de vassalos nas figuras dos LORDES/NOBRES por ele erigidos e que por sua vez administrava os feudos segundo as ordens do seu próprio senhor/lorde feudal. Esses LORDES possuíam DEVERES e OBRIGAÇÕES para com o rei. Casos mais graves sairiam da tutela dos LORDES e seriam apresentados ao PROPRIO REI para que julgasse e sentenciasse. LEALDADE era a base de tudo. Assim tinha o rei assegurado que a economia e a justiça seriam cumpridas. As posses – TERRAS e TITULOS – eram dadas a Lordes como recompensas pelos serviços prestados e muitos traziam consigo casamentos políticos que não podiam ser recusados. Lógicos que vamos encontrar muitos Lordes que se rebelaram no decorrer da história e levantaram armas contra os reis de todos os tempos.

    ResponderExcluir
  29. Já tivemos oportunidades de ler livros históricos do qual o mocinho em um ato de rebeldia fugia das ordens do rei de casar-se com quem ele designou e ficar com a de seu coração: A senhora de Falcon Ridge – Catherine Colter; Herança da Paixão –Shannon Drake ( este o mocinho quis uma outra e desafiou o rei ao tentar se casar com ela, mas antes do casamento ela morreu e ele acabou casando com a Lady designada pelo rei); A dama da rainha – Shannon Draker; A donzela guerreira - Sarah Mckerrigan; Na cama com o Highlander e Seduzida pelo highlander ( MeaCabe) – Maya Banks ( TODOS TEM NA BIBLI DO GRUPO) etc...etc... PORÉM sabemos que na época não seria assim. Logico que desde o inicio da estória queríamos que Rolfe ficasse com Ceidre...mas...

    ResponderExcluir
  30. LORDE ROLFE DE WARENNE – Um desses nobres agraciado com titulo e terras por questões politicas. Um homem forjado nas batalhas e que possuía um código de ética severo, lealdade e determinação ou não teria chegado onde chegou. Fazer cumprir as Leis do rei e dele mesmo para manter a ordem e disciplina era fundamental ou perderia o respeito e autoridade dos homens que o seguia. Um homem que sabia que uma omissão sequer de qualquer ato seria considerado traição a seu rei. Ao ser agraciado com a terras de Aelfgar e uma noiva jamais teria sonhado cair em uma ‘armadilha’ de uma linda moça chamada Ceidre. Desde o principio ele lutou contra um sentimento desconhecido e que desafortunadamente designou de desejo puro. Um homem que burlou seus valores, coragem e determinação para defender e proteger Ceidre - a saxã, que o levava a loucura e cuja compreensão do que sentia escapava a seu entendimento. Uma mulher que o traiu repetidas vezes subtraindo dele o que de maior valor possuía: a lealdade a sua ética e a seu rei. Para protege-la da forca omitiu ao soberano a identidade do traidor que libertou um prisioneiro politico, perdendo sem questionar parte de suas Terras. Lutou feroz entre o orgulho e o perdão, o amor e magoa. Sua luta interior – que podemos ler na terceira pessoa – nos leva a emoções estremas. Por outro lado teve os seus momentos RUDES – que as mulheres ao lerem o livros o odiará e o xingará – porem aqui defendo a tese de que PARA CADA AÇÃO UMA REAÇÃO. Logicamente ao sentenciar as 10 chicotadas – diga-se: doeu mais nele do que nela - após ela ter soltado o prisioneiro Morcar – seu meio irmão – ele teve que fazê-lo ou o respeito e autoridade de seus homens e aldeões cairiam por terra; ao apresentá-la ao rei como a traidora – pela 3ª vez – ou o fazia ou seria ele o traidor. Não compactuei com o fato de que quase a violentou no inicio da estória – era uma coisa trivial a época, era! – mas o bom caráter de um homem pode prevalecer acima de qualquer circunstancia; o fato de após tê-la dado em casamento a Guy e na noite de núpcias – também costume da época - ter exigido o seu direito de Senhor Feudal e ele próprio consumar o casamento ao invés do noivo real, sendo uma violação, considerei tosco e infantil, afinal assim ele assim o quis e ao mesmo tempo uma sacada de mestre a livrar o pescoço da mesma em futuras traições; violar a esposa Alice sem importar-se com a dor e da falta de condição da mesma em recebe-lo foi deveras sem explicação – de sorte que Alice gostava de sentir dor; e principalmente me fez zangar o costume que adquiriu após tomar Ceidre como custodia – após a 3ª traição o que custou a vida de muitos homens - e mantê-la como prisioneira do rei em seu castelo de chama-la de: prostituta e puta. Por mais magoa e dor pelas traições, não justifica tal tratamento a nenhuma mulher, sendo ou não. A infantilidade dele de ter as duas, de modo que, quando se zangava com Ceidre a esposa servia pra cama, tornou-o meio que canalha e indeciso.

    ResponderExcluir
  31. CEIDRE – Uma menina que desde a infância se viu isolada pelas crianças e na idade adulta pelos aldeões ao ser taxada de bruxa por sua meia irmã Alice, devido um pequeno defeito no olhos e seu dom de cura. Desde o principio se apresentou a Rolfe de Warenne encobrindo sua identidade com uma mentira ao ser confundida com Alice. Não teve o caráter de esclarecer a situação usando como desculpa o fato de não querer ser violada, ledo engano ele não o faria; dona de uma capacidade ferina com a língua não vacilava em insultá-lo em nenhum momento na frente de todos – e não era capaz de levantar a voz a Alice que escarnecia de sua condição de bastarda e filha de uma serva; dopou por duas vezes os homens de Rolfe; encontrou-se as escondidas com seus irmãos rebeldes e com rebeldia desafiou Rolfe; desobedecia descaradamente as ordens de Rolfe e o deixava mal diante de seus homens; libertou seu irmão prisioneiro sem qualquer receio de Rolfe poderia sair prejudicado e não somente ela; aceitou se entregar, seduzir e ser amante de Rolfe para passar informações aos irmãos, colocando a virgindade como algo banal e a guerra um bem necessario; manipulou os sentimentos de Rolfe a seu bel prazer para obter informações; investigou e conseguiu informações acerca de uma batalha em que Rolfe e o rei estariam a frente e pagou que a informação chegasse aos rebeldes; se escondia nas sombras para espreitar Rolfe e os mensageiros do rei, etc... Por outro lado a lealdade para com os irmãos era notória, quem não faria tudo para libertar um irmão da prisão? Sem qualquer senso comum defendia e queria ajudar Alice de um destino ruim que só existia na cabeça de Ceidre. Alice queria mais era que a irmã explodisse.

    ResponderExcluir
  32. FATOS
    A meu ver este romance traz desencontros de ideias e ideais, sentimentos e dever, amor e magoas. Desde o inicio considerei os sentimentos dele, mesmo confundidos com desejo, muito verdadeiro. Algo que superava a cada instante, sistematicamente, as estupidezes, asneiras de Ceidre. Ele mesmo no ‘fogo’ do desejo se segurou o quanto pode, a defendeu e perdoou os ‘deslizes’ da moça. Ela ficou empancada como uma mula e não soube reconhecer o homem que ele era, mesmo quando se tornaram amantes e ele confiou nela. A descoberta de que o amava após se tornar prisioneira no castelo de Aelfgar foi uma sacudida que ‘supostamente’ já era o fim de tudo e as grosseria de Rolfe movido pela dor da traição e da magoa nos rende ai emoções. E, por fim a fuga de Ceidre e a busca de Rolfe que mais uma vez aceitou, perdoou e compreendeu Ceidre, nos faz encher os ‘zoios’ de lagrimas. E, finalmente a conclusão do que Rolfe demonstrou em todas as paginas do livro: um homem de caráter – mesmo com os deslizes de REAÇÃO - e justiça quando tomou sob sua tutela o irmão rebelde de Ceidre.
    Nota 1000 e as pessoas que colocaram este livro como fiel a época estendo as mãos e dou parabéns. Ele faz realmente jus a história medieval.
    O título deveria ser: O CONQUISTADO e não O conquistador.

    ResponderExcluir
  33. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jaciane leia Avisos e Ajuda no blog...todas séries ANTIGAS/Concluídas estão na biblioteca em Séries, veja que o último ebook lançado da Dinastia foi há 4 anos por isso não está em Títulos. bjs

      Excluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?

Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras.
AVISO IMPORTANTE: Nunca sabemos qdo um ebook vai ser lançado, somente no dia do lançamento no grupo, então nunca temos previsão! bjs
Jenna

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...