26 de agosto de 2012

Sedução Nas Terras Altas

De volta ao leito de seu marido. 

Como chefe de seu clã, Alex MacKinloch conseguira unir seu povo apesar dos tempos tenebrosos de lutas sem tréguas.
Mas o abismo que se criara entre ele e sua esposa tornou-se um desafio quase insuperável. 
Quando Alex descobriu que Laren guardava segredos, sua velada frustração não poderia ser contida por mais tempo.
Ela parecia ter se esquecido dos prazeres do leito conjugal. Apesar disso, Laren não podia ignorar o olhar faminto de seu marido...
Pois o único desejo de Alex era seduzir e reconquistar sua mulher!

Capítulo Um

Glen Arrin, Escócia, 1305 
Soldados seguravam com força as lanças e atacavam, as armas apontadas para a esposa e as filhas. 
O sangue escorria de um ferimento no braço, mas Alex MacKinloch não parava de correr.
Um grito primitivo lhe feriu a garganta enquanto erguia a espada e avançava, lutando e matando, em direção às mulheres.
Os pulmões queimavam com a fumaça enquanto lutava, a loucura da batalha enevoando a consciência da realidade. Viu ao longe os cabelos vermelhos e brilhantes da esposa, Laren, que atravessava com dificuldade o fosso cheio de água.
As saias ensopadas pesavam e ela avançava devagar com as filhas nos braços. 
Não vira as dezenas de soldados que se aproximavam enquanto tentava sair da torre em chamas.
Tenho que chegar a elas ou morrerão.
Era um fato que não queria enfrentar. 
O pensamento de sua Laren morrendo pela lâmina de um soldado era um horror que não conseguiria suportar. Seu braço doía terrivelmente, mas lutou para abrir caminho até elas.
Os soldados lhe bloqueavam a visão até que tudo o que podia ver era uma tempestade de flechas. 
O pulso lhe batia com força no ouvido até compreender que as flechas eram atiradas por seu irmão Callum, que protegia as mulheres e crianças.
Chamas se erguiam na alta torre de madeira atrás delas, como uma sentinela que morria. 
A fortaleza ia desmoronar. Correu o mais depressa que pôde e ouviu, bem atrás dele, a voz rouca e apavorada de seu primo Ross.
— Maria, Mãe de Deus! Enquanto corria, Alex ouviu a madeira rachar.
— Callum, mergulhe! — Gritou a voz de um homem atrás dela.
Laren MacKinloch correu com dificuldade pela floresta, as saias pesadas de água, quando a torre se entregou às chamas e desabou. 
Olhou através das árvores, chocada à visão de seu lar agora destruído.
E Alex, o que acontecera ao marido?
— Leve Mairin e Adaira — pediu a Vanora enquanto lhe entregava as filhas.
— Estarei logo com vocês.
— Não pode voltar — avisou a mulher idosa isto ainda não acabou.
— Não sairei do meio das árvores — prometeu Laren. Mas preciso vê-lo, saber se está bem. 
Não esperou pela resposta de Vanora e andou de volta para a margem da floresta, onde se segurou no tronco fino de uma bétula para se equilibrar.
A respiração se transformava em vapor no ar noturno e frio do vale. 
Quando soldados ingleses cercaram os homens dos dois lados, sentiu o coração despedaçar em peças silenciosas de terror. Deus do céu, não.
Não podia ouvir o que estava acontecendo, mas a expressão de finalidade no rosto de Alex significava que o pior estava próximo. Enquanto observava de seu esconderijo, os anos pareceram desaparecer.
Não era mais um chefe poderoso, mas o homem que uma vez amara. 
O coração apertou e as lágrimas lhe molharam o rosto.
Tinham se tomado tão distantes nos últimos dois anos e agora não sabia se o veria vivo de novo.
Se tivesse um último momento com ele, havia tanto que queria dizer, tantas coisas que guardara fechadas em seu coração por tempo demais.
A palma comprimiu o tronco da árvore. 
Embora Alex não pudesse vê-la, manteve o olhar nele, como se quisesse guardar seu rosto na lembrança e mantê-lo no coração para sempre. 
De repente, sentiu uma dor lancinante na lateral direita do corpo.
Os joelhos dobraram e ela arquejou com o choque ao ver a flecha que lhe penetrara a carne. 
A agonia da dor a deixou tonta e mal conseguiu se manter consciente. Era um ferimento leve, que penetrara apenas a pele que lhe cobria as costelas.
Não percebera como estava perto do campo de batalha. Forçou-se a tirar a flecha do ferimento. 
O sangue jorrou e Laren comprimiu a capa escura para detê-lo enquanto lutava contra a tontura.
Precisa voltar para suas meninas, advertiu-lhe a mente. 
Não podia ficar, não importava o quanto temia pela vida de Alex. 
Um deles precisava viver para cuidar das filhas. Sentia-se dolorosamente dividida ao ter que escolher entre o marido e as filhas, mas se obrigou a continuar.
Se os ingleses fossem vitoriosos, viriam em busca dos sobreviventes e as meninas precisariam dela para protegê-las.
DOWNLOAD
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. jessica4:38 PM

    oi jenna!vc poderia da uma olhada no link do livro: Sedução Nas Terras Altas, não to conseguindo baixar,bjso adoro o blog!

    ResponderExcluir
  2. Olá Jessica, acabei de testar o link, e deu tudo certo, por favor tente novamente.

    Ótima Leitura !

    Seriam

    ResponderExcluir
  3. Nathália7:32 PM

    Oi Jenna! Esse livro já foi postado. Já li dele. Muito bom por sinal, pra mim, foi o melhor da série. Quando li era 'Esquecida pelo marido' ou algo assim. Mudou alguma coisa ou é realmente repetida? Bjooos!

    ResponderExcluir
  4. Nathália,

    Sim é o mesmo livro, este lançado por outro grupo, mas a historia a mesma.
    Acredito que o antigo nem deve estar com link ativo..rsrs...não olhei

    Bjs

    ResponderExcluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?

Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...