Mostrando postagens com marcador Elizabeth Michaels. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Elizabeth Michaels. Mostrar todas as postagens

19 de março de 2017

Coleção Sissi



O Mistério de Silverdale
Os olhos verdes de lorde Charles, o conde de Eversleigh, pareciam sinceros e demonstravam um sentimento que Hester não devia reconhecer. O jovem e poderoso conde não podia amar uma simples governanta. Muito menos, ainda, se ela fosse prima de um chantagista. A verdade que poderia destruir sua felicidade encontrava-se oculta em Silverdale e Hester não descansaria enquanto não a descobrisse.


O Segredo da Viúva
Priscilla Hythe descia, com elegância, a escada para o hall de mármore, onde lorde Leopold Savage a esperava. O vestido de veludo azul realçava a esguia silhueta. Ao encontrar o ardente olhar do fascinante lorde, ela abaixou os luminosos olhos castanhos e ele compreendeu que Priscilla escondia algo em sua vida misteriosa. Lorde Leopold decidiu, então, descobrir o segredo da linda viúva, sem imaginar que arriscaria o que mais prezava: sua liberdade.


Três Lordes e um Amor 
O sonho de Alison, de casar-se com um lorde, ia se realizar. Já havia sido apresentada à nobreza e três jovens de sangue azul a cortejavam. Então, por que a perturbadora sensação quando fitava os olhos castanhos de Philip Trevelyan, que era um simples cavalheiro? Por que sofrera ao descobrir que ele amava a elegante lady Emma? Alison aprendia que a vida não é feita só de sonhos e risos, mas também de algo chamado amor, que é maravilhoso e às vezes faz chorar!

O Colar de Brilhantes
Susanna Harte sentia-se fascinada pelo charme latino do major Hugh Russell. Ela nunca vira um homem de olhos tão negros e misteriosos, que a faziam suspirar e sonhar cada vez que a fitavam. Hugh, porém, escondia um terrível segredo, e o sexto sentido de Susanna lhe dizia para não confiar nele. Quando o famoso colar de brilhantes dos Harte desapareceu, contudo, Susanna recusou-se a acreditar que Hugh fosse o culpado. O cavalheiro que roubou seu coração não poderia também ter roubado as joias da família! gante lady Emma? Alison aprendia que a vida não é feita só de sonhos e risos, mas também de algo chamado amor, que é maravilhoso e às vezes faz chorar!

Sonhos de uma Impostora
Para escândalo da alta sociedade, lorde Ashington, fascinado pela doce beleza de Katherine, dançou duas vezes seguidas com ela durante o primeiro baile da Temporada londrina. O coração da jovem Katherine quase explodiu de alegria; era delicioso rodopiar pelo salão nos braços do nobre cavalheiro! Mas aquele lindo sonho não iria durar para sempre. Lorde Keswick, um libertino sem escrúpulos, descobriu que Katherine não era uma dama legítima e ameaçou revelar a todos sua verdadeira origem . a menos que ela o aceitasse como marido!


Travessuras de Cupido 
Miranda Branscombe parecida destinada a permanecer solteira para sempre. Era uma moça excêntrica, com ideias muito avançadas para o seu tempo. E não podia ser considerada uma verdadeira beldade, pois era desajeita e alta demais. Foi então que seu irmão, Richard, decidiu arranjar-lhe um marido, e convidou o amigo Peter para ajudá-lo na difícil missão. Quando, por fim, encontraram não apenas um, mas dois candidatos à mão da jovem, Peter se sentiu enciumado. Por que lhe doía tanto a ideia de ver Miranda casada com outro homem?











Pasta Bárbara Cartland: 
Coleção Sissi 
(relançamentos) 35-36-37-38, 39-40



22 de janeiro de 2017

Coleção Sissi

O Primo que veio de longe
Então, aquele homem alto, de olhos cinzentos, cabelos castanhos, era Benjamin Custis Stanton, que herdara o título de conde e a adorada propriedade da família! Harriet, a jovem lady inglesa, não tolerava o "selvagem" americano, mas aceitou casar-se com ele. Seria seu marido só no papei, voltaria para a América dentro de um ano e tudo seria dela. Mas ao terminar esse prazo, lady Harriet descobriu que só queria uma coisa na vida: o amor de Ben Stanton... porém, seria tarde demais?

Uma Incrível Senhorita
O jovem cavalheiro Edward Farrineau compreendeu que enlouqueceria se visse Susanna casada com outro homem. E os lindos olhos verde-acinzentados diziam que ela também o amava. Mas o destino irônico e cruel fizera dele o encarregado de arranjar e aprovar um marido para Susanna porque a sociedade londrina recusava-se a aceitá-la como uma lady devido a sua má reputação e por ela não ser uma verdadeira dama...”

Marcada pelo passado
Deborah Tollin viu seu sonho de amor tornar-se realidade quando o elegante e jovem lorde Robert Eversley a pediu em casamento, o amor profundo que brilhava nos olhos verdes do lorde espelhava os sentimentos que ela guardava no coração. Era a felicidade. Mas o resto da tempestade de ódio que abalara a família Tollin, vinte anos atrás, veio destruir o presente cheio de ilusões da meiga Deborah.

Uma Jovem Sedutora
O senhor de Carrisbrooke aproximou-se e viu na rede a moça que tanto o impressionara e que decidira reencontrar. Adormecida, os cabelos negros, soltos, emolduravam-lhe o rosto, o vestido de musselina branca delineava as formas do corpo bonito. Num impulso, beijou-lhe de leve os lábios e Sophia acordou, assustada. Ali estava o homem ao qual resolvera vender sua honra em troca da publicação de seu livro! Só ele poderia realizar esse sonho...









Pasta Bárbara Cartland: 
Coleção Sissi 11-12-13-14
(relançamentos)










8 de abril de 2011

Marcada Pelo Passado



Deborah Tollin viu seu sonho de amor tornar-se realidade quando o elegante e jovem lorde Robert Eversley a pediu em casamento.

O amor profundo que brilhava nos olhos verdes do lorde espelhava os sentimentos que ela guardava no coração.
Era a felicidade.
Mas o resto da tempestade de ódio que abalara a família Tollin, vinte anos atrás, veio destruir o presente cheio de ilusões da meiga Deborah...


Capítulo Um

—Tia Sarah! O que está fazendo?
A frágil senhora de cabelos prateados estremeceu e se encolheu entre os vasos de palmeiras, cujas frondes a ocultavam.
O hall estava deserto.
A maioria dos convidados para aquela noite já tinha chegado.
Dançavam no salão de baile ou se divertiam no gabinete, circulando pelas mesas de jogos.
—Deborah! — ela exclamou. — Você me assustou, menina.
—Ah, tia Sarah, olhe só para a senhora! — Deborah Tollin a censurou, enquanto se aproximava, farfalhando suas saias de cetim.
— Por que a senhora se escondeu?
—Não estou me escondendo, Deborah — protestou Sarah Beldon.
—Estava apenas... descansando.
—Mas tia Sarah! — continuou Deborah, com expressão preocupada nos olhos azuis. — Não precisa se esconder. Desculpe, queria dizer "descansar".
—Não me sinto à vontade no meio da multidão — admitiu a tia, finalmente. — Não estou acostumada a isto!
—Mas tia! — exclamou Deborah, surpresa. — A senhora me acompanhou a dúzias de acontecimentos, desde minha apresentação... bailes, chás, festas, passeios...
—Isto é diferente, meu amor — respondeu tia Sarah, explicando. — Numa festa oferecida por outros, sou apenas mais uma tia solteirona. Posso ficar sentada num cantinho, observando os jovens que se divertem, dançam, flertam, e ninguém se preocupa comigo.
Mas este é seu baile, Deb, sua festa!
Com seu pai ausente, sou obrigada a desempenhar um papel muito mais ativo do que gostaria. —Lançou um olhar franco à sobrinha.
— As pessoas começarão a falar, Deb. Não quero que fique prejudicada pelos meus erros.
—Tolices — retrucou Deborah.
— O passado passou, e vamos deixá-lo onde se encontra, está bem? — Colocou o braço da tia sob o seu e começou a levá-la na direção do salão de baile, brilhantemente iluminado.
— Se alguém for malcriado com a senhora, quero que me conte quem foi. Promete?
Deborah, não seria este o momento de fazer uma cena...

DOWNLOAD
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...