Mostrando postagens com marcador Jessie e James. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Jessie e James. Mostrar todas as postagens

7 de outubro de 2010

Jessie e James

Trilogia Legacy
Jessie conhece James desde que tinha catorze anos e começou a correr como jóquei, representando o haras de seu pai.
Apesar das constantes provocações de James, Jessie o adora.
Na verdade, ela nutre por ele uma paixão secreta, mas não consegue demonstrar o que sente, ou não sabe como fazê-lo, e o resultado é uma impressão exatamente oposta, agravada pelo fato de ambos serem adversários nas pistas de turfe.

Nada preparou Jessie e James para a reviravolta do destino que mudaria suas vidas para sempre.
Um tombo de uma árvore, em circunstâncias suspeitas, compromete a reputação de Jessie, obrigando James a lhe propor casamento, o que, por sua vez, desencadeia uma série de estranhos pesadelos em Jessie, pesadelos perturbadores, que sugerem algo terrível relacionado à sua infância, um mistério assustador que precisa ser desvendado para que eles possam, finalmente, encontrar a felicidade nos braços um do outro...

Capítulo Um

Baltimore, Maryland Março de 1822

óquei Clube do condado de Slaughter. Sábado, última corrida. A derrota era certa.
Perder era sempre difícil. Principalmente para Jessie Warfield. James sabia que Rialto, o representante do Haras Warfield, o estava alcançando, com seus cascos golpeando firme e velozmente a pista de terra.
Virou a cabeça sobre o ombro esquerdo, movido por um reflexo. 

Rialto estava correndo mais rápido do que um sedutor da cama de sua amante, ao ouvir os passos do marido se aproximando pelo corredor.
James curvou o corpo para a frente e alongou-o até encostar o rosto à orelha de Tinpin. Tinha por hábito falar com seus cavalos antes das corridas e também durante as competições, para lhes transmitir ânimo e confiança.
Tinpin era um bravo competidor, sem deixar de ser dócil.
Lutava pela vitória tanto quanto seu dono. 

Sua determinação só foi esquecida uma vez, quando preferiu reagir a um jóquei que lhe batera com um chicote, impedindo-o de continuar em sua garupa, a disputar o prêmio.
Tinpin estava ofegante. Da raça quarto de milha, aquela era a segunda corrida de que participava na categoria.
Rialto levava vantagem sobre ele, tanto em capacidade quanto em experiência.
James, contudo, continuava a pressioná-lo pelos flancos, com os pés e os tornozelos, e a dizer que acreditava que ele seria capaz de vencer Rialto, um nome tolo, de uma ponte de Veneza.
Ainda lhe prometeu uma ração extra de aveia e uma taça de champanhe diluída no cocho de água.
E o cavalo acelerou, e foi diminuindo a distância, mas perdeu assim mesmo, embora apenas por uma cabeça.
James afagou o pescoço de Tinpin e confortou-o, certo de que seu cavalo teria conquistado o primeiro lugar se tivesse sido outro jóquei a montá-lo.
Tinpin estava coberto de suor, resfolegando com insistência.
A multidão assobiava e ovacionava.
Algumas vaias se misturavam aos aplausos. 

As pessoas diziam que James era um mágico com seus cavalos. Não naquele dia.
Não conseguira levar Tinpin nem mesmo em segundo lugar à linha de chegada. No último instante, um puro-sangue castanho, como Rialto, o vencera.
O animal era jovem, com quatro anos, de nome Pearl Diver, também pertencente ao Haras Warfield.
James conduziu Tinpin para as cocheiras, pensativo. 

Ao apear, brandiu o chicote contra sua bota e baixou a cabeça. 
Em sã consciência, não podia culpar seu cavalo. 
A derrota se devera ao excesso de peso do cavaleiro.
— Que fiasco, James! Você me fez perder dez dólares.
Um sorriso se sobrepôs à onda de depressão diante de Gifford Poppleton, que caminhava em sua direção. 

Um bom rapaz. James aprovara o casamento da irmã, Ursula, com Giff, um ano antes.
— Não ficará mais pobre por isso, cunhado!
— Não, mas não é essa a questão! — Giff e James prosseguiram lado a lado. — Você é grande demais para ser um jóquei. Seja cordato, meu caro. Vinte e cinco quilos fazem uma grande diferença!
James parou e cruzou os braços.
— Brilhante dedução! Pena que eu não tivesse desconfiado até agora.
Giff não se importou com o sarcasmo do cunhado e abraçou-o pelo ombro.
— Eu não queria ter usado de franqueza com você. Ursula insistiu tanto que eu acabei cedendo.
— A fedelha pesa ainda menos — James resmungou.
— Fedelha? Oh, já sei quem é. Jessie Warfield, claro. Você sempre se refere a ela desse jeito, embora a menina tenha crescido e se transformado em mulher.Redcoat poderia tê-la derrotado, se você não gostasse tanto de correr. É um excelente jóquei. Você o treinou muito bem. Quanto ele pesa? Cinqüenta quilos?


Trilogia Legacy
1 - A Duquesa
2 - O Legado de Nightingale
3 - Jessie e James
Trilogia Concluída
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...