Mostrando postagens com marcador O Acordo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador O Acordo. Mostrar todas as postagens

8 de março de 2016

O Acordo

Série O Clube dos Sobreviventes
Desesperado para escapar da casamenteira de sua mãe, Vincent Hunt, Visconde Darleigh, foge para uma aldeia remota do país. 

Mas mesmo lá, outra armadilha o espera. Então, quando a intervenção de Miss Sophia Fry para o salvar a lança numa situação desesperada, sendo obrigada, sem a menor cerimônia, a partir da casa de seus tios, Vincent é compelido a agir. 
Ele pode ter ficado cego em batalha, mas ele pode ver uma solução para ambos os problemas: o casamento.
Primeiro, a calma e despretensiosa Sophia rejeita a proposta de Vincent. Mas quando um homem tão gloriosamente bonito a convence de que ele precisa de uma mulher de sua própria escolha, tanto quanto ela precisa de proteção contra a miséria, ela concorda. 
Sua alternativa é horrível demais para contemplar. Mas como pode nascer um fogo consumidor a partir de um arranjo tão frio? 
Quando a amizade e camaradagem levam a uma doce sedução e prazer erótico, eles ousam acreditar que um negócio nascido do desespero pode levar os dois para um amor destinado a acontecer?

Capítulo Um

Quando se tornou claro para Vincent Hunt, Visconde Darleigh, que se ficasse em casa pelo resto da primavera, ele teria, sem qualquer sombra de dúvida, que se comprometer, até mesmo casar antes do verão, tinha corretamente resolvido: fugir. 
Ele fugiu de casa, o que era uma maneira ridícula, reduzindo um pouco a forma de colocá-lo, quando era o dono da casa e tinha quase vinte e quatro anos de idade. Mas o simples fato era que fugira.
Levou consigo seu criado, Martin Fisk; sua carruagem e cavalos de viagem; roupas suficientes e outros pertences necessários para durar um mês ou dois, ou seis. 
Ele realmente não sabia quanto tempo iria ficar longe. Pegou seu violino também, depois da hesitação de um momento. Seus amigos gostavam de provocá-lo sobre isso e demonstravam horror cada vez que ele o colocava sob o queixo, mas ele pensava que tocava razoavelmente bem. 
Mais importante, gostava de tocar. Acalmava sua alma, embora nunca tivesse confidenciado isso aos seus amigos. Flavian, sem dúvida, faria um comentário comparando seus acordes ao arrastar das botas a todos que estivessem ao alcance de sua voz.
O principal problema com a casa era que ele estava aflito com tantos parentes do sexo feminino e sem o suficiente do sexo masculino, e nenhum homem no comando. Sua avó e sua mãe viviam com ele, e suas três irmãs, embora casadas, com suas próprias casas e famílias, vinham para ficar, com demasiada frequência, e muitas vezes por períodos longos. 
Quase um mês se passara sem pelo menos uma delas estar na residência por alguns dias, uma semana ou mais. Seus cunhados, quando vinham com suas esposas, o que não era sempre, com muito tato, mantinham-se distantes dos assuntos de Vincent e permitiam às suas mulheres governar sua vida mesmo que, digno de nota, nenhum deles permitisse que suas esposas governassem as deles.
Tudo teria sido compreensível, mesmo em circunstâncias normais, Vincent supôs de má vontade. 
Ele era, afinal, o único neto, o único filho, o único irmão, e o mais novo, e, como tal, era justo que o protegessem, mimassem, se preocupassem e planejassem. Herdara seu título e fortuna há apenas quatro anos, com a idade de dezenove, a partir de um tio que havia sido saudável e tinha apenas 46 anos quando morreu tendo um filho tão resistente e apto como ele. Ambos morreram violentamente. A vida era um negócio frágil, bem como a herança, parentes de Vincent do sexo feminino gostavam de observar. 
Convinha, portanto, que enchesse o berçário com um herdeiro e um número de sobressalentes assim que fosse humanamente possível.









Série O Clube dos Sobreviventes
1- A Proposta
1,5- O Pretendente
2- O Acordo


14 de julho de 2014

O Acordo

Série Medieval

Lady Christiana Fitzwaryn não se opõe ao casamento. 

Mas exige ser casada em seus próprios termos, e não como punição por uma indiscrição romântica, nem especialmente com um mercador qualquer. 
No entanto, fica chocada quando conhece David de Abyndon. 
Ela descobre que ele não é um simples mercador, mas um homem de equilíbrio e virilidade extraordinários. Ele não se sente afetado pela diferença de status social. 
E menos ainda por seus argumentos bem pensados contra o compromisso.  Em vez disso, é Christiana que se sente desconfortável na presença deste homem naturalmente nobre, por trás de frios olhos azuis,por quem ela sente a mais intrigante das paixões. 
Embora tenha prometido o seu coração a outro homem, não pode resistir ao charme sedutor de David. Atraída pelo seu carisma, ela descobre o prazer, o amor, e finalmente, os segredos escondidos em seu coração.

Capítulo Um

— Se o seu irmão descobrir, terei sorte seescapar com minha masculinidade, muito mais com minha cabeça—disse Thomas.
A pálida luz da lua jogava sombras nas paredes dos bazares que ladeavam a rua. Movimentos ameaçadores à direita e ocasionalmente à esquerda atraíam a atenção de Christiana, mas ela não receava ospassos ou os notívagos esta noite. 
Thomas Holland, um dos cavaleiros da Rainha, andava ao lado dela, e o brilho de sua tocha mostrava sua longa espada. Christiana não esperava desafios de quem pudesse vê-los fora da cidade após o toque de recolher.
—Ele nunca vai saber,prometo. Ninguém saberá— ela assegurou-lhe.
Thomas estava preocupado com razão. Se seu irmão, Morvan, descobrisse que Thomas tinha lhe ajudado a fugir de Westminster depois do anoitecer não haveria inferno que pagasse. 
Ela iria levar toda a culpa se fossem descobertos, no entanto. Afinal, não poderia entrar em mais problemas do que já estava agora.
— Este mercador que você precisa ver deve ser rico, se não vive acima de sua loja, — Thomas ponderou. — Não é minha função bisbilhotar, minha senhora, mas este é um momento peculiar paravisitar e estar às escondidas por aí. É verdade que não foi atéum amante que eu a trouxe. Se fosse, o próprio Reiiria me estripar.
Ela teria rido de sua sugestão, sesuas emoções frenéticas não a tivessem deixado muito abalada para desfrutar da terrível piada. — Não é um amante, e vim agora porque é o único momento em que posso ter a certeza de encontrá-lo em casa — disse ela esperando que ele não pedisse mais explicações. 
Usara toda a sua astúcia para escapar até esta clandestina visita, e não tinha nada adicional para inventar outra mentira.
O último dia foi um dos piores de sua vida, e um dos mais longos. Fora somente ontem à noite que havia encontrado a Rainha Philippa e que fora informada da decisão do Reisobre aceitar uma proposta de casamento para ela. Cada momento a partir daí tinha sido uma eternidade de pânico infernal e indignação.
Ela não se opunha ao casamento. Na verdade, aos dezoito anos, ela já tinha passado da idade em que a maioria das moçasse casava.Mas esta oferta não tinha vindo de Stephen Percy, o cavaleiro a quem havia dado seu coração. Nem fora feito por algum outro cavaleiro ou Lorde, como convinha à filha de Hugh Fitzwaryn e uma moça de uma família de antiga nobreza.
Não, o Rei Edward tinha decidido casá-la com David de Abyndon, a quem ela nunca vira.
Um simples mercador.
Um antigo mercador comum, de acordo com sua guardiã, lady Idonia, que se lembrara de te ter comprado sedas de Mestre David, ummercador em sua juventude.
Era o modo de o Rei castigá-la.



Série Medieval
1- By Possession
2- By Design
3- Stealing Heaven
4- O Acordo
5- O Protetor
6- O Lord das Mil Noites

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...