Mostrando postagens com marcador Um amor para sempre. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Um amor para sempre. Mostrar todas as postagens

3 de agosto de 2011

Um Amor Para Sempre







Amor além do tempo!

Filha de um clérigo, Victoria Carswell é uma moça determinada e corajosa, que se recusa a sujeitar-se às normas da sociedade.
Ela chega a se arriscar, nadando sem roupa no rio, todas as manhãs, bem cedinho, diante de um castelo abandonado, nas cercanias da casa paroquial, onde ela mora.
O lúgubre castelo é um cenário que a deixa fascinada, e Victoria não pode deixar de imaginar como teria sido a vida ali, nos áureos tempos do rei George, cerca de um século antes.
Pelo menos, Victoria acredita que se trate de um castelo abandonado, até o dia em que um misterioso morador, atraente e sedutor, aparece inesperadamente, convidando-a a viver uma aventura que desafia todas as regras.

Capítulo Um

Inglaterra, 1837
Um convite para o jantar do sobrinho de Jack Louco? — perguntou Victoria, com afetado desdém.
— O nome do cavalheiro é capitão John Fuller — lady Carswell retrucou, com ar de repreensão
— De onde foi que tirou esse apelido vulgar? Certamente não de um dos livros de história nos quais você constantemente enfia seu nariz? Fuller foi capitão na Infantaria Sussex Light e um respeitado membro do Parlamento durante quatro anos.
— Sim, mamãe — Victoria fechou seu livro, relutante.
“Qualquer um que dissipava uma fortuna construindo loucuras e era enterrado sentado usando um chapéu merecia o apelido de Jack Louco!”
— Sua fortuna veio da manufatura de canhões para a Marinha Real.
O sobrinho dele, Sir Peregrine Palmer Fuller, herdou tudo.
— Peregrine? Que nome ridículo — Victoria declarou.
— Já chega. Jovens deveriam ser vistas e nunca ouvidas. Seus modos são pavorosos. Um comportamento mais gentil é esperado da filha de um clérigo. Como nosso período de luto formal já passou, eu aceitarei o convite. É óbvio que o cavalheiro deseja uma ligação conosco devido à nossa reputação de respeitabilidade.
Por qual outra razão as convidaria para jantar?
Obviamente, desejava distância da excentricidade de Jack Louco cultivando uma moral rígida, estreitando os laços com lady Edwina, viúva do reverendo Thomas Carswell, e sua filha solteira.
— Prefiro declinar, mamãe — Victoria arriscou.
— O jantar acontecerá no Castelo Bodiam.
— Bodiam? — Victoria voltou toda a sua atenção à mãe.
O castelo medieval era uma de suas paixões.

DOWNLOAD
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...