Mostrando postagens com marcador Uma Atração Impossível. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Uma Atração Impossível. Mostrar todas as postagens

12 de fevereiro de 2012

Uma Atração Impossível

Depois da morte de sua mãe, Alexandra Bolton renunciou ao amor para cuidar de sua família. 

Agora, com o bom nome da família Bolton em um escândalo por culpa dos vícios de seu pai, casar-se com um velho latifundiário parecia ser a única maneira que Alexandra tinha de salvar sua família da ruína mais absoluta. 
Mas não contava conhecer o duque de Clarewood, e que as paixões e os sonhos do passado despertassem em seu interior. 
Mesmo assim, nunca poderia aceitar a desonesta proposta desse homem, embora fosse o membro mais rico e poderoso da aristocracia. 
Depois de sofrer uma infância marcada pelo infeliz casamento de seus pais, o duque de Clarewood tinha jurado que não se casaria nunca. 
Mas Alexandra Bolton conseguia atraí-lo como nenhuma mulher antes dela o tinha feito e também se empenhava em recusá-lo, algo ao que não estava absolutamente acostumado. 
Clarewood sempre conseguia o que desejava, mas a chegada de Alexandra a sua vida implicava mudanças para o que não sabia se estava preparado. 
Quando a paixão por fim os uniu, um terrível segredo ameaçaria separando-os para sempre...

Comentário revisora Lica : Bom... Sou suspeita em deixar meu comentário sobre este livro, pois desde que fiz a revisão do livro Sir Rex, fiquei fã da série, assim quando ele chegou as minhas mãos para a leitura final, apesar de estar sem tempo até para ler, não pude resistir! 
Valeu a pena cada segundo, amei o Stephen, apesar de parecer frio, calculista e cruel, desde o começo já se percebe que é tudo fachada, por trás de tudo existe um homem inseguro sobre o amor, acreditando que todas só querem o Duque, não o homem. 
Alem de ter vivido uma infância sem amor, vive sem acreditar nele, até conhecer Alexandra, uma mulher forte e honrada, só mesmo uma mulher como ela para suportar as provações que este amor a faz enfrentar. 
Amei! Valeu muito a pena! Obrigada por este presente! 

Capítulo Um 

— Não posso me permitir tê-la aqui — disse o barão de Edgemont. Alexandra Bolton olhou surpreendida ao seu desalinhado e sombrio pai. 
Tinha feito com que chamassem a ela e suas irmãs, para que se reunissem com ele na pequena e desordenada biblioteca onde estava acostumada encerrar-se para ler. 
 Estranhou que parecesse estar sóbrio. 
Depois de tudo, já eram mais das quatro da tarde. Por isso custou ainda mais entender suas palavras.
— Sei que nossa situação econômica é algo precária — ela comentou com um sorriso. 
— Estou aceitando mais trabalhos e, com o que consigo, acredito que poderei ganhar uma libra mais à semana. 
 — É igual a sua mãe, Alexandra — respondeu seu pai. 
— Ela também era infatigável e sempre se empenhava em me convencer de que tudo ia bem. Fez assim até o dia de sua morte. 
 Afastou-se delas para sentar-se atrás de sua mesa de escritório. 
A poltrona também era muito velha e tinha uma perna quebrada. 
 Estava cada vez mais nervosa. Trabalhou muito duro para conseguir sustentar à família desde que sua mãe morreu. 
E não foi fácil. Seu pai gastava muito dinheiro em bebida e no jogo, algo que sua mãe podia controlar, mas ela não. 
Recordou então que a última vez que seu pai requisitou a presença de suas filhas na biblioteca foi para lhes contar que sua mãe tinha uma grave enfermidade. 
Até então, Elizabeth já estava há muito tempo consumindo-se diante de seus olhos. 
A notícia lhes quebrou o coração, mas não fora nenhuma surpresa. 
 Já estavam há nove anos sem sua mãe. 
Após sua morte, seu pai perdeu o controle de sua vida por completo e caiu em todo tipo de vícios. Corey tinha uma personalidade tempestuosa e fazia o que queria quando Alexandra não estava controlando-a. 
Olivia isolou-se em seu mundo de aquarelas e lápis. Embora parecesse feliz, sabia que não era. 
A própria Alexandra passava por momentos muito duros.
Havia renunciado ao amor verdadeiro para cuidar de sua família, mas não se arrependia. 
 — Bom, alguém tem que estar alegre nesta casa — lhes disse então Alexandra com um sorriso mais firme. 
— Pode ser que não tenhamos muito dinheiro, mas possuímos uma bonita casa, embora necessite algumas reparações. Também temos roupa que pôr e comida na mesa. Poderíamos estar muito pior. 
 Corey, que só tinha dezesseis anos, esteve a ponto de voltar a rir ao escutá-la. 
A verdade era que todos os tapetes da casa estavam tão desgastados que tinham buracos, as paredes precisavam de uma pintura e as cortinas caíam em pedaços. Os terrenos nem mesmo estavam em bom estado. Só tinham um homem ao serviço da casa e nenhum jardineiro. Tiveram que vender a casa de Londres, mas Vila Edgemont estava, por sorte ou por desgraça, a só uma hora de Greenwich. Decidiu ignorar a reação de sua descarada e imprudente, mas muito bela irmã. — Pai, está conseguindo me preocupar de verdade. 
  DOWNLOAD



Dinastia Warenne
1- O Conquistador
2- A Promessa da Rosa
3- O Jogo
4- O Prêmio
5– A Farsa
6– A Noiva Roubada
7– A filha do Pirata
8– A Noiva Perfeita
9– Um Amor Perigoso
10– A Promessa
11– Uma Atração Impossível
12– Casa dos Sonhos
Série Concluída
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...