2 de setembro de 2013

Voz Do Coração

Clã Mackinloch




A força de seu silêncio a tocou…

Finalmente, depois de anos de torturas brutais, Callum MacKinloch está livre de seus raptores, mas sua voz ainda está aprisionada. 
Seu grito não seria ouvido por ninguém, nunca. 
Apesar de invisíveis, as correntes de lady Marguerite de Montpierre podem prendê-la a um casamento cruel e sem amor. 
Quando Marguerite descobre Callum à beira da morte, seu coração bate mais forte, ainda que o amor deles não tenha futuro. 
Mesmo assim, ela é única mulher com o poder de domar a fúria contida no peito dele. 
Talvez Callum possa encontrar uma nova razão para viver...Por Marguerite.

Capítulo Um

Escócia, 1305
O som de um homem gritando a despertou do sono.
Marguerite de Montpierre sentou-se num sobressalto, agarrando a colcha enquanto encarava sua criada, Trinette.
— O que foi isso?
Trinette balançou a cabeça, os olhos arregalados de medo.
— Não sei. Mas devemos ficar aqui, onde é seguro.
Marguerite aproximou-se da janela da torre, espiando o céu escuro iluminado apenas pela lua. Os gritos do homem tinham silenciado agora. Ela bem podia imaginar o que isso significava.
Fique aqui, ordenou sua mente. Não se intrometa. O que poderia fazer, afinal? Era apenas uma moça de 18 anos. Tanto seu pai quanto lorde Cairnross ficariam furiosos caso saísse sozinha.
Mas se alguém precisava de ajuda, que direito tinha ela de permanecer no quarto? O medo não deveria encobrir a misericórdia.
— Vou descobrir o que foi — informou à criada. — Pode ficar aqui se quiser.
— Minha senhora, non. Seu pai não permitiria.
Não, ele não permitiria. Marguerite podia bem imaginar a voz autoritária do pai ordenando que permanecesse na cama. Respirou fundo, dividida pela indecisão. Se não fizesse nada, permaneceria segura e ninguém se zangaria com ela.
E alguém poderia morrer. Isso não tinha a ver com obediência, mas sim com salvar uma vida.
— Tem razão. O duque não me permitiria sair. Mas ele não está aqui, está? — murmurou, e rezou para que seu pai voltasse o mais rápido possível, pois cada dia de ausência transformava sua vida num pesadelo maior.
Guy de Montpierre, o duque DAvignois, não sabia o que estava acontecendo ali, pois o noivo de sua filha havia se comportado com grande cortesia diante da família.
O duque era um homem que valorizava riqueza e status, e Gilbert de Bouche, o conde de Cairnross, promoveria uma forte aliança com a Inglaterra. Uma filha caçula não poderia esperar por casamento melhor.
Mas embora o conde a tivesse tratado com respeito e honra, sua crueldade a horrorizava. Era um homem que acreditava piamente que os escoceses mereciam a servidão. Ele havia capturado vários prisioneiros de guerra, e ela os viu construírem muros de pedra por horas a fio.
Trinette estremeceu, olhando para o cobertor.
— Acho que não vai querer zangar lorde Cairnross saindo deste aposento.
Marguerite não discordou. Mas o grito do prisioneiro a assombrava, penetrando em sua consciência. 
Tinha visto os escravos de Cairnross, homens magérrimos, com a desesperança marcada no rosto. 
Dois já haviam morrido desde a sua chegada. E suspeitava, a julgar pelo berro, que outro homem estava agonizando.
— Não posso ficar parada sem fazer nada — murmurou. Do contrário, não seria melhor que o conde.
Ela colocou um vestido justo de mangas compridas, uma túnica rosada, depois uma capa escura. 
A criada deu um suspiro resignado e a ajudou a terminar de se arrumar antes de colocar a própria roupa.
Passava da meia-noite, e os soldados estavam dormindo ao longo dos corredores e no cômodo maior da torre de madeira principal. 
Marguerite ficou com as costas grudadas na parede, o coração tremendo enquanto passava sorrateira pelos homens. Seu pai havia deixado meia dúzia dos seus soldados como guardas; sem dúvida, eles a deteriam caso acordassem.
Deixou a torre de madeira e seguiu para o pátio interno. Lá, viu a causa dos gritos.
Um homem, talvez um ano mais velho que ela, jazia prostrado no chão. 
As costas estavam cobertas de sangue, os tornozelos, acorrentados. 
O longo cabelo escuro obscurecia seu rosto, mas ela viu que os ombros se mexiam. Ele estava vivo...
 









Clã MacKinloch
1 – Reclamada por Seu Marido
2 – Esquecida por Seu Marido
2.5- Desejando o Toque do Highlander
3 – Voz do Coração - Brumas do Silêncio-traduzido
3.5- Resgatada pelo Guerreiro das Terras Altas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

  1. Bárbara2:16 PM

    História bonitinha, gostei bastante!
    Obrigada por disponibilizar!

    ResponderExcluir
  2. Olá, aqui estou eu novamente.... Quero muito baixar a serie de livros completos, mas novamente tendo dificuldade por ter o 3° e 5° livro com nomes em English. Consegui baixar o 1°, 2° e 4° ai tentando achar esses dois que faltam, mas ao tentar baixar parece que só acho historia repetida indo pelas sugestões que aparecem abaixo do 4° livro.... Será que sabem me dizer o nome certo desses dois para eu baixar??? Desde já agradeço a atenção.... Abraços......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AMota, todas as x q vc ver escrito em Inglês o título do livro "Na Informação de série!" no fim do post é pq não tem ainda em ebook, veja q o 3 mostra q está na Lista.... para ser revisado pelo grupo q revisou os anteriores. E o 5 está em inglês pq não tem ainda ebook.
      Vc já me escreveu antes então não confunda o Título do Livro postado no blog com as informações da série no final do post, sim pq tem vários títulos em ingles postados nos blogs e a Biblioteca tem vários ebooks com título em inglês.

      Bjs e boa leitura!

      Excluir
  3. Flor vc tem ideia de quando sai o 3???? Mega anciosa! bj

    ResponderExcluir
  4. Eu li o terceiro livro em físico. Voz do Coração. Amei o livro, apesar de Callum ser bem novinho. Mas o amor dele por Marguerite é imenso. Gente esse livro foge de tudo o que eu gosto em clássicos históricos. Eu gosto de guerreiros mais velhos, eles ricos e ela sequestrada. Nesse livro, ela é rica, e ele pobre. Mas o livro é MARAVILHOSO. Te prende do começo ao fim. Ah! Eu chorei no início do Livro. Callum sofre muito, porém o amor que ele tinha por ela o salvou. Super recomendo esse livro.

    ResponderExcluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?

Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras.
AVISO IMPORTANTE: Nunca sabemos qdo um ebook vai ser lançado, somente no dia do lançamento no grupo, então nunca temos previsão! bjs
Jenna

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...